'body-fauxcolumns'>

Governo da Bahia

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Tragédia na Itabuna/Ibicaraí: uma pessoa morre e outra fica gravemente ferida

Um homem morreu e outro ficou gravemente ferido por volta das 18h30min desta quinta-feira (13), num acidente ocorrido na BR-415, rodovia Itabuna/Ibicaraí, próximo à Pedreira União.IMG_3060

Uma das vítimas foi identificada como Lucimário Marcelino de Jesus Santos, de 39 anos, funcionário da empresa Gás Butano. Ele morreu no local. Lucimário, que morava no Cajueiro de Ibicaraí, havia acabado de sair do trabalho e viajava como carona em uma moto – Honda CG preta, de placa OKV-8557. O veículo bateu de frente com um automóvel Voyage prata PUB-0433/MG, que seguia sentido oposto. O impacto foi tão violento que a perna esquerda da vítima foi arrancada e estraçalhada. Pedaços ficaram espalhados na pista. O corpo dele foi arremessado cerca de 50 metros do local do desastre.
Já o colega de Lucimário foi socorrido em estado grave pelo Samu e levado para o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, em Itabuna. Segundo testemunhas, o motociclista, que não tinha sido identificado até o fechamento dessa matéria, chegou a perder parte do pé e braço, respectivamente. Quanto ao carro, foi parar numa ribanceira e ficou completamente destruído. No entanto, o motorista não foi encontrado.
No local, a esposa e a filha do funcionário da Butano estavam desesperadas. “O que vai ser de mim sem esse homem, meu Deus! Eu não posso perder meu pai”, gritava a garota. Colegas e amigos também lamentaram a morte brusca de Lucimário, que era muito querido na comunidade onde morava.
Aílson Nascimento
Uma das suspeitas é de que o condutor do carro tenha invadido a pista contrária, provocando o acidente. Entretanto, o fato só será confirmado após uma perícia.
Atualização:
O colega de Lucimário que pilotava a motocicleta, foi identificado como Aílson Nascimento dos Santos, de 35 anos, morador da cidade de Ibicaraí. Aílson trabalha na empresa D&D na cidade de Itabuna na área de segurança. (Ubaitaba.com)
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Envie suas sugestões, críticas e denúncias.

Mais Notícias