'body-fauxcolumns'>

Governo da Bahia

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Ubaitaba: Risos, lágrimas e arrepios consagram as emoções no centenário de Caymmi.

 “Os poucos versos que aí vão,
Em lugar de outros é que os ponho. 
Tu que me lês, deixo ao teu sonho

Imaginar como serão”.


No ano do centenário de Dorival Caymmi a iniciativa do Projeto Peteca e Cidadania (Ruinha/Ubaitaba), o Ponto de Leitura Varais do Saber e o Ponto de Cultura Eu Quero Ler (ACAPEB/Gongogi), emocionou os espectadores no Centro de Convenções de Ubaitaba, no último sábado (13), com a apresentação do espetáculo teatral “Versos escritos nas águas da Bahia”.
Com um elenco composto por jovens e adolescentes do Bairro Ruinha de Ubaitaba e da periferia de Gongogi, a peça teatral teve a sua primeira edição homenageando o cantor baiano.
A lenda do Abaeté, Maracangalha, Mãe Menininha, Gabriela, Retirantes e outras vinte canções receberam um toque especial de dramaticidade evocando a historicidade biográfica coroada com o grandioso espírito da velha Bahia com levadas de ijexás e sambas, provando que o legado de Caymmi perdura na contemporaneidade.

Os jovens atores da Ruinha, durante 50 minutos, deixaram a comunidade perplexa pela beleza da interpretação que despertou os sentimentos de risos, lágrimas e arrepios, trazendo nos versos de Dorival o canto às águas, à Bahia, às jangadas e a vida dura do pescador.
Houve a presença da comunidade ubaitabense, de membros de organismos sociais de Gongogi,Itabuna, Ilhéus e Ubatã.

O espetáculo teve a produção e direção de Jorge Axé, sob a coordenação de Roberto Peteca e imagens   audiovisuais do cineastra Jota Melo.









Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Envie suas sugestões, críticas e denúncias.

Mais Notícias