'body-fauxcolumns'>

Governo da Bahia

domingo, 27 de agosto de 2017

GONGOGI: Prefeito demite professor e ex-diretor do CEJAP do quadro de servidores efetivos do municipio

Foto: Arquivo
Entre exonerações e demissões de correligionários, o prefeito Kaculo decide a “mão de ferro” adotar providências na pasta da educação do município.

Após iniciar a tomada de providências, a todo rigor, para tentar sanar as irregularidades na pasta de educação do município exonerando quase todas as diretoras escolares, o prefeito de Gongogi, Edvaldo dos Santos (PR), o Kaçulo, decide pela demissão do professor Fábio Santos Souza, ex-diretor do Colégio Estadual José Araújo Pereira – CEJAP, do quadro de servidores efetivos do municipio, alegando acumulação ilegal de cargos.

Segundo publicação do Diario Oficial do Municipio da ultima quinta-feira (24), o professor Fábio estava assumindo o cargo de forma irregular e optou pela preclusão temporal, quedando-se sem manifestar-se nos autos do Processo Administrativo instaurado pela autoridade executiva no início do mandato.

O docente estava lotado no Colégio Municipal Roque Monteiro ministrando aulas da disciplina de Geografia, mas também acumula o mesmo cargo de professor no Colégio Estadual de Ubatã e na Secretaria Municipal de Educação de Ubaitaba.

A equipe de assessoria jurídica do Portal Gongogi entende que de acordo com as publicações a decisão do executivo é legítima, pois nos processos administrativos prevalece o princípio da verdade material, onde o julgador administrativo tem poder-dever de tomar as decisões baseadas nas informações e documentos que há sobre a matéria abordada, onde as partes também terão oportunidade de se manifestar e apresentar provas ao seu favor, todavia, se a parte deixa de fazer, ocorre a preclusão.


Até o encerramento desta matéria não conseguimos contato com o professor Fabio, nem com o prefeito municipal. (PORTAL GONGOGI)

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Envie suas sugestões, críticas e denúncias.

Mais Notícias