'body-fauxcolumns'>

Governo da Bahia

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

GONGOGI: Prefeito Kaçulo faz exoneração em massa de diretoras escolares

Foto: Reprodução Facebook
Professores denunciam a existência de diretores e vice-diretores em regime de contrato, dentre outros aspectos que contrariam o Art. 25, incisos I, II e III da Lei Municipal 004/2011 prejudicando a regularização das escolas municipais.

Na última quinta-feira (24), para surpresa dos correligionários, o prefeito de Gongogi, Edvaldo dos Santos (PR), o Kaçulo, publicou no Portal Oficial do Municipio a exoneração de quase todas diretoras escolares e suas respectivas vices.

Segundo especialistas da área de educação, o prefeito procedeu as exonerações para atender as recomendações do Núcleo Territorial de Educação do TIMRC - 22, adequando o quadro de diretores escolares do município que, em sua maioria, era formado por professoras sem nível superior.

As escolas municipais estão em processo de autorização de funcionamento e para regularização deverão ser observados os requisitos básicos para assumir o cargo de direção e vice-direção, que só poderão ser ocupados por professores do quadro efetivo do município e que tenham graduação em Pedagogia ou área de licenciatura específica. Como a maioria das diretoras nomeadas por Kaçulo em janeiro de 2017 não cumpriam estes requisitos, o prefeito, de imediato, procurou corrigir esta grave falha no sistema educacional do município. 

Também chegou à nossa redação, a notícia de que o motivo real dessas exonerações foi resultado de denúncia realizada no MP em 2015, ainda no Governo de Sapão, que também não cumpria os requisitos legais para indicação de diretores escolares.

Todavia, alguns professores denunciaram a nossa redação a existência de diretores e vice-diretores em regime de contrato, dentre outros aspectos que contrariam o Art. 25, incisos I, II e III da Lei Municipal 004/2011, deixando na iminência sérios prejuízos para autorização das escolas, bem como para o desenvolvimento da Educação Básica em Gongogi.

Esta semana tentamos fazer contato com a Secretária Municipal de Educação, a Senhora Maria de Fátima Ribeiro dos Santos, mas não conseguimos retorno. Continuaremos tentando fazer contato para averiguar a veracidade de todas as informações deste caso.



Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Envie suas sugestões, críticas e denúncias.

Mais Notícias