'body-fauxcolumns'>

Governo da Bahia

terça-feira, 3 de outubro de 2017

GONGOGI: Farra dos combustíveis - prefeito gastará quase 2 milhões em 2017

Foto: Internet/Reprodução
Mesmo com a frota pequena de veículos, o prefeito Edvaldo dos Santos (PR), Kaçulo, gastará mais de trezentos mil reais em combustível do que a cidade de Ubatã, que tem uma população com quase o quadruplo de habitantes.

A festança de combustíveis na administração municipal de Gongogi está superando o programa do apresentador Silvio Santos.

O município firmou um contrato com a empresa GONGOGI DERIVADOS DE PETROLEO LTDA, que fica situado na mesma cidade, no mês de fevereiro deste ano. Mesmo com a frota pequena de veículos, o prefeito Edvaldo dos Santos (PR), Kaçulo, gastará um valor exorbitante com combustíveis neste primeiro ano de mandato.

O contrato publicado no Diário Oficial do Municipio de 15/03/2017, pagará a empresa licitada o valor milionário de R$ 1.669.009,00 (Um milhão seiscentos e sessenta e nove mil e nove reais) e terá vigência até o final do ano de 2017. Clique aqui e acesse o contrato que está nas páginas de 05 a 08 do Diário Oficial.
Apesar de ter uma população de pouco mais de sete mil habitantes, os gastos com combustíveis pela Prefeitura de Gongogi é maior do que as mesmas despesas de Ubatã, seu município vizinho, que conta com mais de 27.000 habitantes segundo o último censo do IBGE e gastará apenas 1.323.639,24, numa diferença alarmante de trezentos mil reais a menos do que o Governo em boas mãos.

O fato já virou “chacota” nas redes sociais e os populares não compreendem o motivo que levou o prefeito Kaçulo contrair essa despesa, uma vez que, segundo o mesmo, a campanha eleitoral não teve nenhum gasto. Caso fosse bem distribuída, a verba beneficiaria a população com mais ações do poder público. "Ele deveria cortar gastos em vez de demitir pais e mães de familias e sacrificar salários de trabalhadores", desabafa um munícipe no Watsapp.


As averiguações precisam ser feitas para por fim nessas contratações milionárias em que o município vêm bancando com combustíveis, mas infelizmente, o caso dessa farra está embaixo do tapete porque os vereadores dizem “Amém’ ao gestor. (Portal Gongogi)
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Envie suas sugestões, críticas e denúncias.

Mais Notícias